ABOUT ME



ABOUT ME



Ana Garcês. 


Já tem idade para ter juízo. Metro e meio de gente - literalmente.

Sonhadora. Sim, a sério: basta perguntarem a qualquer um dos professores de Matemática
que tiveram o azar de ver o seu nome aparecer na listagem de alunos.
Gosta de devorar livros às dúzias e sem restrições.
Míope e, sempre que pode, pé-descalça. Apaixonada por tudo, perdida dela e descoordenada.
Incapaz de andar de bicicleta Aprendeu a andar de bicicleta aos vinte e três anos. Optimista por natureza, o que por vezes irrita quem está à volta.

Nascida na Ilha da Madeira, imigrada no Algarve (não deixem que o tom copo-de-leite vos engane) e repatriada para Évora para estudar Enfermagem.
Prefere frutas a vegetais, usa o relógio no pulso direito e usa os talheres como se fosse canhota apesar de não o ser.
Prefere piscina a praia e usa protector solar factor cinquenta.

Tem sonhos de ser enfermeira, anda sempre com a máquina fotográfica atrás
e tem como cor favorita o azul. Qualquer tom.
É apologista das tardes de cinema com pipocas - doces, sempre - e amigos.
Destes últimos não tem muitos, mas tem os suficientes e apelida-os de as suas pessoas.

A sua cabeça é uma jukebox muito em parte porque se recusa a sair de casa sem o seu iPod.
Aproveita qualquer situação para cantarolar qualquer coisa mesmo que essa situação não o requeira.
Normalmente a primeira música que lhe vem à cabeça quando quer cantar alguma coisa é vergonhosa.
Outras vezes dança porque é apologista do podem tirar a rapariga do ballet mas nunca o ballet da rapariga.
 Massacrou os pés em pontas durante treze anos e, para contar a história, sobrou o seu joelho com dores crónicas.

Sabe quantidades exorbitantes de informação (muita dela inútil) sobre livros, filmes, séries e cultura geral.
Grammar Nazi nas horas livres. Prometeu a si mesma que ia escrever um livro e, apesar de já ter começado alguns,
nunca terminou nenhum. Mas desta vez é a sério - diz, enquanto abre um documento Word pela quinquagésima vez.


Tem colecções de canecas, postais e etiquetas de roupa daquelas giras.
Não gosta do tempo nem muito frio nem muito quente, não consegue decidir entre o doce e o salgado
(não consegue dizer que não a uma fatia de bolo da mesma forma que não consegue dizer que não a um Big Mac).

Não gosta de se levar muito a sério.
Gosta de sair de casa com batom (pode até sair sem que não lhe cai o Mundo em cima, mas prefere sempre com)
e é a apologista máxima do bold lip.
Diz que o seu lado esquerdo é o mais bonito por isso é vê-la tirar fotografias de perfil só desse lado.
Tem dimples em sítios invulgares, um gene ruivo de décima geração e sardas (e sinais) às resmas.

Ficou nervosa quando se apercebeu que já estava mais do que na altura de criar esta página no blog - About Me.
Não se lembra de uma única razão para alguém ter interesse a ler o que seria escrito aqui sem ser
para verem que fotografia usou para ilustrar esta página.
Levou quase dois anos a prometer esta página até que ela finalmente apareceu.
Ela garante que falar dela é difícil e que a única coisa que a impediu de publicar esta página mais cedo
foi a sensação de lhe estar a escapar alguma coisa. Mariquices.

Aparentemente gosta de falar na terceira pessoa. Diz que até é giro.

BLOG STATS
Template version 6.0
Google Chrome Browser
Blog online desde 11 de Novembro de 2011
Domínio WebTuga // Hospedagem Blogger
Codificação e design Ana Garcês

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017