5 Livros da Minha Vida

23 abril 2017

Se há coisa que eu gosto de fazer desde que me lembro é ler. E isso deve muito aos meus pais que, desde muito cedo, me deram livros para as mãos e disseram que ia ser o dinheiro mais bem gasto da minha vida. Ainda hoje, com vinte e três, acredito nisso e é muito comum encontrarem-me em qualquer lado com um livro enfiado debaixo do nariz.

Dito isto, e quando a Sofia me desafiou a partilhar os cinco livros da minha vida eu achei que ia ser canja. Até que me sentei e me apercebia que ia ser mais difícil do que o suposto. Já li mais livros na minha vida do que aqueles que consigo enumerar (a prova disso é a minha página do Goodreads que só tem a contabilização desde dois mil e treze e, só nos últimos três anos é que comecei a ser muito mais regrada com ela) que a escolha revelou-se mais difícil. Todos os livros que li fazem parte dos livros da minha vida: tenham sido bons ou maus, com mais ou menos lições, porque todos ajudaram a moldar a minha mente e a minha pessoa.

1. Orgulho e Preconceito de Jane Austen
Este foi o mais fácil de meter na lista. É o meu livro preferido de todos. Li-o a primeira vez com quinze anos e, todos os anos depois disso, faço questão de o ler pelo menos uma vez. A Jane Austen é a minha girl crush literária e, se tivesse que escolher só um livro dela para ler o resto da minha vida, era este. Não que os outros não sejam bons (porque são, e eu gosto bastante deles), mas este tem um cantinho especial.

2. Intermitências da Morte de José Saramago
Antes deste livro só lia Saramago por obrigação. Mas depois cruzei-me com o Intermitências da Morte e mudei de opinião. Este livro é genial: pela escrita, pela história, pelo conjunto de tudo. Tanto que, sempre que alguém me pede uma recomendação de livro, este é um dos que recomendo.


3. Anna e o Beijo Francês de Stephanie Perkins
O Anna e o Beijo Francês foi a minha primeira leitura YA (Young Adult). E é por isso que ele tem um lugar nesta lista. Este livro fez-me apaixonar por Paris e criar um itinerário na minha cabeça que quero seguir quando lá for para além das coisas normais. Depois do Anna li também os dois outros livros desta trilogia e o sentimento foi igual. O Lola and the Boy Next Door fez-me apaixonar por São Francisco e o Isla and the Happily Ever After fez-me apaixonar por Barcelona. O Anna abriu todo um precedente para outras leituras, e eu não podia estar mais agradecida por isso!
A LER: Review Anna e o Beijo Francês

4. 1984 de George Orwell
Este livro foi publicado em 1950, e tentava retratar uma suposta sociedade em 1984. A parte assustadora? O facto desde livro ser tão actual sessenta e sete anos depois. E faz-nos pensar - muito - sobre a sociedade, a privacidade, a política e assuntos importantes que, na maioria das vezes, nem nos passam pela cabeça pois já são coisas impostas e que têm de ser.

5. It Ends With Us de Colleen Hoover
Este livro foi um autêntico murro no estômago. Foi um dos livros mais poderosos que já li na minha vida que retrata situações que precisam de ser faladas e mostra que nem sempre a vida é preto ou branco e acaba por ter bastante de cinzento. É a entrada mais recente na lista de livros da minha vida, e que faz todo o sentido de cá estar.
A LER: Review de It Ends With Us

----
Quais são os livros da vossa vida?

13 comentários

  1. Ainda só li o 1984 mas quero muito ler o "It ends with us".
    Beijinho

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Já suspeitava dos dois primeiros :b E ainda bem que falaste no Anna & The French Kiss porque fiquei cheia de saudades dele e vou relê-lo de certeza! (Sabias que foi graças a ti que o conheci?)
    O 1984 também está na minha lista, you'll see!


    Obrigada por aderires às minhas ideias! :D


    A Sofia World

    ResponderEliminar
  3. Também gosto bastante de Orgulho e Preconceito. Li-o no ano passado, e foi uma experiência muito boa! A partir desse dia, fiquei com alta vontade de ler todas as suas obras!
    Quanto ao 1984, ando a tentar lê-lo há um ano, contudo, ainda não avancei muito! x) Tenho mesmo de reparar esse meu mal! :P

    LYNE

    ResponderEliminar
  4. o orgulho e preconceito também está na minha lista :D

    ResponderEliminar
  5. Orgulho e Preconceito e As intermitências da morte também são dois dos meus preferidos!

    ResponderEliminar
  6. Excelentes escolhas.


    Ms. Telita | Telita LifeStyleFacebookinstagram

    • novo grupo para divulgação de blogs: blogs Lifestyle Portugal

    ResponderEliminar
  7. Awwww o Orgulho e Preconceito é tão lindo! Acho que consegue ser o melhor romance de sempre, mesmo não existindo nem sequer um único beijo e toda a gente se tratar por "Mr" e "Miss"!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. O 1984 é certamente dos melhores livros que já li. É arrepiante como Orwell previu acontecimentos actuais, basta lembrarmo-nos dos "alternative facts" de Trump... Li também As Intermitências da Morte e gostei bastante, o sentido de humor negro de Saramago é das características mais marcantes que me ficou dessa obra. Não li Orgulho e Preconceito, apenas o Emma e sinceramente não gostei... Tenho de dar uma segunda chance a Jane Austen. Os restantes livros de que falas são-me desconhecidos. Uma das minhas obras favoritas é o We need to talk about Kevin de Lionel Shriver, que inspirou o filme e dos quais fiz uma review também no meu blogue, e o Auto-retrato do escritor enquanto corredor de fundo de Murakami. Uma das minhas autoras favoritas é Isabel Allende, que tive oportunidade de conhecer pessoalmente em Londres. Autografou-me um livro e trocámos algumas palavras, foi um momento espectacular!! Não adoro tudo o que escreve, mas A Casa dos Espíritos, Eva Luna e Paula são obras marcantes. Também adoro ler, é difícil escolher um preferido, cada livro tem o seu momento na minha vida. Fico sempre com a sensação que deixei uma mão cheia de fora e sinto como se estivesse a ser injusta para os que esqueci...
    Beijinho,
    Joana

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. "Intermitências da morte" está sem dúvida no meu top5,onde consta também a trilogia do Cemitério dos Livros Esquecidos de Carlos Ruiz Záfon. Estes, são livros sobre livros, para amantes de livros. Fica a sugestão no caso de nunca ter lido. Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Tal e qual, sempre fui assim desde miuda e ainda hoje livros são a minha paixão máxima e que colecciono até não ter espaço para os guardar ahah!
    Intermitências da morte estão sem dúvida na minha lista, também foi um dos primeiros livros que li de Saramago e que depois me levou a gostar de muitas outras obras de Saramago como o Ensaio sobre a Cegueira e o Clarabóia.

    Além disso Isabel Allende guarda também um lugar especial no coração e é uma autora da qual gosto de várias obras :)

    Beijinho grande *

    ResponderEliminar
  12. Temos um em comum! Também escrevi há pouco uma publicação do género: http://livros-invisiveis.blogspot.pt/2017/07/5-livros-preferidos.html, se quiseres ler. Dos outros, ainda só li o "Intermitências da morte" que também gostei imenso! (e desculpa estar a comentar um post de Abril mas ando à procura de blogs interessantes para seguir e gostei imenso do teu :) )

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017