Sábado

Desde que vim para Lisboa estagiar (Fevereiro) que não tive nem duas folgas seguidas nem um fim-de-semana para contar a história. Andava cansada e, por isso, a vontade de sair e passear na folga que tinha também era nula. Se a isso juntarem as obrigações e prazos de entrega de estudos de caso têm a receita para uma Ana que já estava farta da rotina.

Entre estágios tive uns dias para descansar e repor energias. Sou-vos sincera: nos primeiros dois não fiz nada. Zero. Niente. Mas depois acabei por ter vergonha na cara e tomar consciência que estava a desperdiçar os dias quando podia estar a aproveitá-los.

Nessas mini-férias acabei por ir ao lançamento do livro da minha Lena - o Diz-lhe Que Não - que já li e adorei (querem review?), dar um pulinho IKEA comprar umas coisas que eu e o Mário precisávamos cá para casa, ainda houve espaço para uma tertúlia do Bloggers Camp e para despachar uns quantos filmes e episódios de séries.

No entanto o Sábado passado foi um dos dias mais ocupados mas incrivelmente divertidos que tive nos últimos tempos.

A INAUGURAÇÃO DA VAGABUNDS & CO.
... foi a nossa primeira paragem e a Cat foi comigo.

Esta é a mais nova aquisição da Rua dos Fanqueiros e podem encontrar várias marcas e gamas de óculos de sol - como Johnny LocoEvil Eye e Vagabunds - souveniers com um toque especial para aquela pessoa que veio a Lisboa e quer levar um pedaço dela para casa, alguma roupa da marca francesa Boom Bap e bicicletas. Sim. Bicicletas. Bonitas que só elas.

ÍNDIA NO MARTIM MONIZ
... com o Bollywood Holi.

Todos os anos, pela mesma altura, o Martim Moniz acolhe um bocadinho da Índia numa tarde quando acontece o Bollywood Holi. E, se não sabem o que é, podem ler este artigo da Cat sobre isso. Muito resumidamente: este Bollywood Holi é inspirado no Festival das Cores que existe na Índia e consiste numa guerra de pós de cor, danças e um mergulho na tradição hindu.

Só estivemos lá um bocadinho, mas fiquei tão feliz que fiz a promessa de lá voltar para o ano - e desta vez para me sujar!

LISBOA DE OUTROS TEMPOS
... e a exposição Cidade Gráfica na Rua da Trindade. 

Devo ser a última pessoa de sempre a ter ido a esta exposição, mas gostei tanto... que fui lá duas vezes.

Esta exposição reunia vários letreiros iluminados que fizeram parte das fachadas de lojas e hotéis em Lisboa no século passado. Para além dos letreiros icónicos do Diário de Notícias e do Ritz, podemos também encontrar fotografias de Lisboa dos tempos antigos com estas luzes que enfeitavam o topo dos prédios e dos edifícios.

Para além da parte dos néons também existia uma parte dedicada à criação e concepção dos mesmos. Desde do materiais antigos utilizados, livros tipográficos, etc. Foi uma exposição muito completa que alegrou - bastante! - a pequena designer que há em mim.


Depois de tanto andarmos, acabámos a tarde no Starbucks e, como ninguém se queria ir embora, fizemos serão em casa da Cat e ainda jantámos comida chinesa vinda de um sítio que adoramos.

****

Melhores dias que estes é impossível. E foi mesmo aquilo que precisava para entrar no novo estágio com energias renovadas e espírito lavado.

4 comentários:

  1. Dias assim cansam os pés mas descansam a alma :) tão bom!

    ResponderEliminar
  2. Tão bom! Estou a precisar de um dia inteiro por essa Lisboa que adoro! A Tertúlia soube-me a pouco...

    ResponderEliminar
  3. Gostei imenso de espreitar essa exposição! Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Que bom ler sobre este dia tão alegre e que locais bons tu visitaste. Espero que o novo estágio te corra pelo melhor!

    Marli, do My Own Anatomy ♥

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017