La La Land

29 janeiro 2017

Desde que vi o trailer do La La Land que soube que tinha de o ir ver, desse por onde desse. E assim foi. No dia vinte e seis - quando estreou em Portugal - fui de peregrinação ao cinema. Desde daí que tenho lutado contra a minha cabeça de forma a conseguir formar pensamentos coerentes sobre este filme - que é das melhores coisas que vi na minha vida, e olhem que isso é dizer muito visto que vocês sabem que eu sou esquisitinha.

Tentei escrever esta publicação umas cinco vezes - sem exagero - desde desse dia. Mas acabava sempre por ficar com vontade de bater com a cabeça do teclado visto que acabava por ser uma maneira mais eficaz de meter por escrito aquilo que este filme me fez sentir. Foram poucos os filmes que me deixaram sem palavras capazes de o descrever e este foi um deles. La La Land é bom porque é real. Fala de pessoas reais com as suas qualidade e defeitos, com trabalhos normais e que sonham em voar alto um dia. Gosto do fim porque é credível. Gosto do meio porque é a história de duas pessoas sem grandes irrealismos. Tudo bem que a meio de cada cena eles começam a cantar e a dançar... mas isso só me fez querer - ainda mais - que a minha vida fosse um musical. Acredito que seria milhões de vezes mais feliz se, ao me preparar para uma festa, as minhas colegas de casa começassem a fazer um número digno de Broadway.


Fui para este filme com as expectativas em alta o que, normalmente, não é coisa boa para mim porque acabo sempre por me desiludir. A única coisa que me desiludiu desta vez foi o facto das minhas expectativas não terem estado tão altas como este filme merecia. Passei o filme todo a sorrir, a bater com o pé ao ritmo das músicas - a banda sonora, senhores! - e, houve uma altura, em que tive de morder o lábio e segurar as lágrimas porque o filme estava a tocar num assunto muito close from home. Quando o forem ver vocês vão entender aquilo que quero dizer.


Este filme tem a receita simples, mas eficaz de Hollywood: dois jovens aspirantes a artista, com uma mala cheia de sonhos e duas carregadas de obstáculos que se acabam por cruzar num momento da sua vida. Depois acabam por partilhá-la e é mágico porque sentimos que somos nós naquele papel do encostar de mãos no cinema, do primeiro beijo, do primeiro olhar e do primeiro momento em que eles se apercebem que se amam. Esta história é uma ode aos sonhadores, mas tem também a mensagem que a vida é feita de escolhas: umas mas fáceis que outras e umas com consequências maiores que outras. E foi por isso que a última cena do filme me marcou tanto.


É uma história de amor real e de tempos modernos, embrulhada num musical à antiga cheio de fantasia que às vezes nos esquecemos de viver - mas precisamos. Porque no fundo somos todos tolos que sonham, numa noite agradável debaixo de uma cidade de estrelas depois de outro dia de sol em que ficamos prontos para começar um fogo dentro de nós.

Classificação infinito mais um: 10/10
Classificação IMDB: 8,6/10

17 comentários

  1. Ontem era o dia para ir ver o filme, mas a sessão estava repleta! Tive de adiar, infelizmente, mas não vejo a hora de conseguir vê-lo!

    ResponderEliminar
  2. O que escreveste foi das melhores coisas que li sobre o filme. Acho que o reflete na perfeição e diz tudo aquilo que eu diria sobre ele. Percebo-te quando dizes que precisaste de tempo para organizar os pensamentos sobre o filme porque a mim aconteceu-me a mesma coisa, ainda agora - vi-o na quinta - não sei se me consigo expressar a 100 % sobre ele. Fiquei mesmo feliz por poder ler isto porque senti que alguém tinha vivido o filme da mesma forma que eu, obrigada por isso!! :)

    http://batomebotasdatropa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. R: Desculpa estar a escrever aqui, mas é realmente giro encontrar-te, como estudante de enfermagem também. Curiosamente, dei feridas com drenos apenas no 2º ano. Hoje fiz um post sobre o meu semestre todo e digo lá isso. Olha, muito prazer. Gostei de te conhecer. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Quero muito ir ver o filme ao cinema e até a minha mãe e a minha avo estão curiosas por vê-lo!!

    Beijinhos!!
    Black Rainbow / Instagram

    ResponderEliminar
  5. As minhas expetativas estavam altas para este filme e agora, ao ler o teu post ainda ficaram mais ! Can't wait!

    ResponderEliminar
  6. Também adorei! O Ryan Gosling e a Emma Stone estiveram maravilhosos e as músicas são tão lindas (especialmente a "A Lovely Night")
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. eu devo ser a unica pessoa que nao tem vontade de o ver lol
    n gosto do casting, e raramente gosto de musicais.. :p

    https://rrriotdontdiet.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Já me falaram muito bem deste filme tenho de o ver para comprovar!

    ResponderEliminar
  9. Gostei muito da tua publicação, mal posso esperar por ver este filme! *.*
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Depois deste post, tenho mesmo que me apressar a ir ver este filme!

    ResponderEliminar
  11. Mais um para acrescentar à minha lista! Hei de vê-los a todos, só não sei quando - talvez quando tiver tempo, ahah!

    Gostei muito da tua descrição do filme e da tua opinião. Deste vontade de vê-lo, e isso é bom! :)

    Beijinho, minha querida.

    http://cristiana-tavares.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Super curiosa com esse filme!

    Um beijinho,
    Mónica Rodrigues dos Santos
    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. não sei se poderei ir vê-lo ao cinema, mas gostava que ele ficasse disponivel rapidamente para o puder ver na internet!
    Parece ser bastante interessante e tem uma atriz que eu tanto adoro: a Emma Stone!!
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  14. Cada palavra tua deixou-me com mais vontade ainda de ir ver o filme de novo!
    Porreiro, porreiro, era estares no Porto e combinar-mos uma ida ao cinema e chatear-mos toda a gente na sala porque nós as duas íamos acabar a cantarolar o filme todo!!!

    ResponderEliminar
  15. Vi no domingo e superou as minhas expectativas, mas já tinha um pressentimento que ias gostar. Gostei da história que é credível e tocante. E eu que até nem gosto de musicais.

    ResponderEliminar
  16. Oi, Ana!
    Estou louca para assistir esse filme! Já tentei comprar uma vez e não tinha mais ingressos, acredita? Do próximo final de semana não passa, vou assisti-lo com certeza :)

    Beijos,
    Giulia | 1livro1filme.com.br

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017