PERSONAL | Error 404: Bronze Not Found

27 agosto 2015

Chega o Verão e parece que atraio um grupo de pessoas a que chamo - muito carinhosamente - de os evangelizadores do bronze. Sei que para eles deve ser uma espécie de crime viver no Algarve (este antro de que falam mal o ano inteiro mas depois é vê-los aqui caidinhos durante quinze dias numa qualquer praia lotada) a debitar pérolas como "Moras no Algarve? Não acredito", "Quando eras pequena caíste em lixívia?", "Mas tu não te bronzeias?" e tantos tais.

A vontade que eu tenho de lidar com essas pessoas - durante todo o ano mas em especial no Verão - é nula. Mas vamos por partes.
Primeiro: ninguém vos perguntou nada. Segundo não gosto de praia. Pronto, já disse. Moro no Algarve e não gosto de praia - o crime, o drama, a blasfémia! A areia incomoda-me e as pessoas não respeitarem o espaço das outras (e eu acabar por comer areia gentilmente atirada por um qualquer banhista a regressar ao seu santuário) tiram-me do sério. Aborreço-me em estar a tarde toda estendida na areia a não fazer nenhum - não dá, não consigo.

Se vou à praia? Vou. Não vou muitas vezes mas acabo por ir até porque não tenho uma piscina só para mim e às vezes está mesmo muito calor. Mas vou porque me pedem com muito jeitinho e custa-me estar sempre a dizer que não (e também porque quero) e as minhas pessoas já sabem como eu me comporto na praia e respeitam-me. No entanto prefiro piscina por n motivos que não vêm aqui ao caso.

Explicada a minha relação com praias e afins voltemos ao assunto do bronze: eu não fui abençoada com melanina em abundância. Desculpem desiludir-vos mas reza a lenda que sou branca-copo-de-leite desde que nasci (e já lá vão mais de vinte anos) e isso nunca me incomodou mas, ao que parece, incomoda muita gente à minha volta.
E é aqui que começa a evangelização: "Ai tens de ir mais vezes à praia. E parar de usar protector solar de factor cinquenta senão ai é que nunca mais ganhas uma corzinha. E se calhar podes sair mais vezes debaixo do chapéu, e ir à água, largar o livro que a praia é boa é para curtir e comer bolas de Berlim".

Sim, claro que vou parar de usar protector solar de factor cinquenta e ser uma irresponsável com a minha pele!
Nunca saio de casa sem protector solar no Verão (nem no Inverno) mesmo que vá só dar um passeio ao fim da tarde. Nunca. Antes ter vinte e dois e parecer que tenho dezasseis do que ter vinte e dois e parecer que tenho quarenta porque ando a esturricar ao sol.
Depois por mais que me meta ao sol - com as devidas precauções - o mesmo bate em mim e volta para trás. Sim, sou uma barreia reflectora - estou a exagerar mas é quase isso. Para me bronzear um bocadinho ínfimo que seja demoro um mês (e tinha de fazer praia/piscina todos os dias) e dois dias depois desaparece. E eu não tenho vida para isso, meus amigos. Nem vontade.

Não saio debaixo do chapéu porque o calor em excesso faz-me passar mal. Prefiro estar à sombra e relativamente fresca e a me sentir bem do que a destilar (e torrar) ao sol e passar mal.
E não me venham cá com tretas a dizer que a "água está espectacular" que oitenta porcento das vezes é treta - e eu sei que é treta porque vocês, evangelizadores do bronze - saem dela a bater o dente.

Por fim - e o mais importante de tudo - eu gosto de ser branquinha. Habituei-me e não me imagino de outra maneira (nem seria a mesma Ana se não tivesse o tom de pele que tenho agora). E dispenso solários - e tantos tais - que a tonalidade oh-para-mim-que-acabei-de-rebolar-em-Doritos não condiz com a minha cor de cabelo.

Por isso façam o obséquio de me deixarem estar sossegada com a minha tonalidade de cal (já pensaram em todas as camuflagens que posso fazer aqui pelo Algarve à conta disto?) e se querem assim tanto ganhar bronze ide estender o costedo ao sol para outra freguesia.


24 comentários

  1. revejo-me quase na totalidade no teu texto ahaha parece que tenho uma doença e não posso apanhar sol "ai coitada, mora no algarve e é tão branca, não vais à praia?", mas até gosto praia, mas prefiro piscina, aproveito principalmente para ler e ouvir música, uso factor 50 mas daquele que deixa "bronzear" da Bioderma, só que passado uma semana já desapareceu o bronze quase por completo... devemos ter uma renovação celular muito acelarada :p

    ResponderEliminar
  2. "Eu gosto de ser branquinha". Isto devia bastar para calar as pessoas quando ouvimos desses comentários, mas depois vêm meia dúzia de questões acerca disso. Ainda há coisa de um mês tive essa conversa com uma colega que faz solário. A cara de choque quando ouviu "Gosto de ser assim branquinha"... haha
    Identifico-me totalmente com tudo o que disseste. Não gosto de praia, pelos mesmos motivos, e gosto ainda mais de preservar a minha pele dos efeitos nocivos do sol!

    E Ana... também acho que ficas muito bem assim branquinha! Não te imagino de outra forma!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito deste post, ri-me imenso ao lê-lo!
    Eu não consigo estar muito tempo ao sol porque parece que sinto o meu corpo a fritar mas basta uns minutinhos e fico logo morena. É a minha sorte, isto porque adoro o meu tom de pele bronzeada. Gosto imenso de peles branquinhas, são elegantes, na minha opinião. Ninguém tem de te dizer para apanhares sol, se gostas de ter essa cor só a ti te diz respeito :)

    Beijinhos
    Bruna, Blog FASHION MORNINGS (novo nome do blog)

    ResponderEliminar
  4. AI CA GANDA LOLE! Tem calma, moça, tens toda a razão mas tens que ter calma ahah penso como tu, antes branca do que com rugas e pele cheia de sardas-não-naturais!

    ResponderEliminar
  5. Vês? Chega a um ponto em que nós simplesmente nos aceitamos como somos - bem pálidas e bonitas na mesma :)

    ResponderEliminar
  6. Eu por acaso gosto de ser branquinha também. Bronzeio-me rapidamente, mas na mesma velocidade o bronze desaparece!

    Mas lá está, pele branquinha e protegida faz-nos parecer mais novas! E a própria pele mantem-se saudável. Vais vale parecer uma miúda do secundário, do que já parecer envelhecida tendo 20 e poucos anos. :)

    ResponderEliminar
  7. Compreendo perfeitamente, mas até ganho bronze facilmente. Mesmo assim só este ano é que o tenho ( porque quis) e fartei-me de ouvir durante anos o típico "estás doente?? pareces um fantasma!!". Ahah. Que gracinha --'

    ResponderEliminar
  8. Oh god, este texto até parece ter sido escrito por mim :p
    eu também nunca bronzeo por isso I fell your pain :p

    http://denisemachadomakeup.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Ser branquinha é que é! :D
    Eu sou mais de arranjar protectores bons, daqueles que deixam bronzear, que protejam bem e estou sempre a meter quando estou na praia. Também só me consigo pôr a torrar um bocadinho se estiver devidamente hidratada (beber muita água ao longo do dia e comer fruta na praia), porque caso contrário também passo um mau bocado.
    Por outro lado, compreendo na perfeição que detestes praia. No algarve vamos para a praia com os amigos, mas acabamos quase aos encontrões com o vizinho do chapéu do lado... é demais! Por isso é que aqui a Costa Vicentina sabe que nem ginjas (e a água é mesmo fria!) ^^

    http://nuagesdansmoncafe.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  10. Podes parar de tirar fotos espectaculares sff?

    ResponderEliminar
  11. Estava a ler o teu texto e parecia que tinha sido escrito por mim! Identifiquei-me completamente.. Estive um mês no Algarve e as pessoas olham para mim e dizem "Um mês? Mas continuas branca" ou "Tu estás branquíssima, mas não tão branca como antes. Branco escuro, vá.."

    ResponderEliminar
  12. Eu podia ter escrito isto! Sou exatamente igual e ninguém entende como é que eu posso odiar estar na praia o dia inteiro.. Acho uma perda de tempo e odeio calor!

    ResponderEliminar
  13. Revejo-me na totalidade neste texto! Não moro no Algarve, mas moro a 2 minutos da praia e também não gosto de praia, nem de areia nem das pessoas que não se sabem comportar. E essa de não usar protector: era bom era. Às vezes com factor 50 apanho escaldão. Quero lá saber se sou morena. Depois é coisa que passa em 2 dias, para quê o trabalho?

    Lena's Petals xx

    ResponderEliminar
  14. Ai mulher, entrei aqui por acaso e sou tal e qual como tu! A excepção é que eu vou à praia, passo é o tempo todo na água porque estar a suar ou tostar a sol não é para mim. Sou branquinha sim, nunca passei disso, nem nunca me incomodou, mas como a ti, parece que incomodam aos outros! É demais, às vezes dá-me vontade de dar meia volta e mandá-los ao #$"#$%#%!? .Cada um é como cada qual. Depois tem só piada de tentarem ser "loiras" e "claras" a tingirem-se porque são morenas demais, mas claro aí não criticam, só nós!

    adonadasushi.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. Eu bronzeio com bastante facilidade com protector solar factor 50! Por isso, fazes tu muito bem em não ligar ao que as pessoas dizem e continuar a cuidar da tua pele :)
    E posso ser bastante morena, e só há uma pessoa no mundo com quem costumo brincar por ser branca, mas só porque ela faz o mesmo com a minha cor e nenhuma leva a mal :)
    Btw, fartei-me de rir com o teu post x)

    ResponderEliminar
  16. Nunca tinha encontrado alguém com que me identificasse tanto sobre o assunto "praia" e "bronze" como neste momento. Obrigada por saber que existe mais gente como eu! ;)

    http://ndnan.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Deixa lá que este ano eu estive e estou mesmo branca! Só fui uma vez à praia :O

    ResponderEliminar
  18. Adorei a tua abordagem, ri-me imenso com o teu post!
    Compreendo-te super bem, também detesto a praia (o verão em geral) mas acabo sempre por ser arrastada pelos meus amigos para ela. Também não nasci com o gene de conseguir bronzear facilmente por isso por mais vezes que vá à praia continuo sempre "branquinha", mas adoro a minha cor e já deixei de me importar com os comentários dos outros!

    ResponderEliminar
  19. Como te compreendo. Não sou branca como a cal, mas sou bastante branca e ... moro no Algarve há 3 anos e tal e só oiço gente a dizer "Ai que inveja, já devias estar preta a esta altura! Se eu fosse a ti nem saía da praia..." blá blá. Detesto praia, só vou quando está mesmo muito calor para dar um mergulho. Also, também não gosto de me ver bronzeada, tenho os olhos claros e sardas e acho que fica uma combinação horrível com o bronze. E também não acho grande piada a esturricar debaixo do sol até ficar uma autêntica lagosta...
    Cada um sabe de si, sinceramente, mas gostava que não implicassem comigo x)

    ResponderEliminar
  20. não acredito que te dizem para parares de usar protector 50 :o eu já sou naturalmente morena e uso SEMPRE e quando sei que amigas minhas branquinhas não usam... faz-me imensa confusão! Quando tiverem 40 anos vão ter uma pele linda!!!
    As branquinhas são muito bonitas!! As vezes confesso que gostava de ser branquinha.
    blog: Marianisses , Facebook

    ResponderEliminar
  21. Afinal não sou a única! Não sou do Algarve, mas de um sitio também com bastante praia e a minha relação com ela e os comentários são mais ou menos os mesmos... Mas eu já estou mais que habituada e a minha pele e saúde e bem maia importante que isso tudo...

    ResponderEliminar
  22. Afinal não sou a única! Não sou do Algarve, mas de um sitio também com bastante praia e a minha relação com ela e os comentários são mais ou menos os mesmos... Mas eu já estou mais que habituada e a minha pele e saúde e bem maia importante que isso tudo...

    ResponderEliminar
  23. É daqueles padrões de beleza que vão e vêm.
    Há uns séculos atrás era impensável uma rapariga de bem ganhar uma corzinha. Só a plebe que trabalhava no campo é que se bronzeava (daí a expressão trigueira = morena) e as ladys andavam sempre de sombrinha e a passar pó de arroz para uma tez clara.

    ResponderEliminar
  24. aleluia senhor! eu fui amaldiçoada com uma pele que fica morena em 5 min num raio de sol a meio da primavera e detesto. sempre fui controlando isso pra me manter o mais branca possível e mesmo assim não o sou. também ouço essa da lixívia (sem razão) e as respostas são sempre tão secas quanto as bocas.

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017