TECH | The Sims 4 [Gameplay]

Prometi-vos um gameplay dos The Sims 4 depois de ter dissertado sobre o meu vício sobre o The Sims em geral.

A verdade é que não faço ideia de como se faz um gameplay - nem sei se este é o nome certo para o que estou a tentar fazer - até porque não sou nenhuma expert do assunto e porque cada um tem uma forma de jogar diferente. Por isso vou falar daquilo que, para mim, é importante: como se comporta o jogo, se corre bem e sem falhas, coisas assim.

Eu não sei quanto a vocês mas eu sou daquelas que passa horas à procura de custom content (CC) para o jogo antes de começar a jogar efectivamente. Não é que não goste dos conteúdos que vêm nos jogos base - que gosto - mas há tanta coisa bonita por ai e tanta malta talentosa que é quase impossível não querermos tudo no nosso jogo (e no nosso roupeiro e casas da vida real).

Dito isto os Sims e as casas que eu crio têm, muitas das vezes, peças personalizadas. Não é assim num número abismal que faça diferença e pareça que estou a jogar a algo completamente diferente, mas o suficiente para a minha Sim-Me ter uma franjinha gira como eu.


No Create-A-Sim (CAS) temos, desta feita, o contro absoluto de todos os pormenores: de tamanho do peito à largura das ancas, passando pelo tamanho e formato dos lábios, olhos, bochechas, queixo...
Podemos criar qualquer pessoa, mesmo! Tanto que acho que a minha Sim-Me ficou até parecida comigo (se não acham finjam e deixem-me ganhar, pode ser?)


Quando me disseram que o The Sims 4 ia correr de forma muito leve nos computadores duvidei. Duvidei ainda mais quando vi que o jogo tinha 9GB. Instalei e, para meu espanto, é mesmo verdade! O jogo corre que nem uma pena apesar do seu tamanho e, até agora, ainda não tive pausas (aquelas irritantes que acontecem quando estamos descansadinhos a jogar e o jogo decide jogar ao 1,2,3 Macaquinho do Chinês - e acho que nunca usei tanta vez a palavra "jogar" e "jogo" numa frase antes desta).
Acho que o facto de ser mais leve para jogar se prende a não existirem Mundos abertos no The Sims 4 como havia no The Sims 3. Isto é: se forem a algum lado terão sempre um ecrã de carregamento. Nada de muito longo por isso não me faz espécie.

O que nos leva ao...Build Mode!

O modo de construção do The Sims 4 é, para mim, a melhor coisinha desde da Nutella (um bocadinho exagerado mas anda lá perto). É mais completa que qualquer uma das outras edições do jogo e facilita-nos imenso.
Quem nunca quis mudar uma casa e teve de apagar tudo um por um? No The Sims 4 podemos aumentar e diminuir as divisões sem stresses assim como mudá-las de sítio num instantinho sem comprometer o resto da estrutura da casa.

E porque eu provavelmente não me estou a explicar bem, nada melhor do que ver a coisa em acção.


A primeira coisa que eu faço depois de criar um sim é criar uma casa. Sou menina para demorar horas a construir e decorar até ficar exactamente como eu gosto e, desta feita, fiz uma casa pela qual estou babadíssima. É, neste momento, a minha favorita!


THE SIMS 4 vs. THE SIMS 3 
Gráficos à parte as diferenças entre o The Sims 4 e o The Sims 3 ainda são algumas: 

♥ Logo de início não existiam piscinas nem caves no TS4 (assim de repente) no entanto essas pequenas coisas foram sendo adicionadas através de actualizações gratuitas. Acho um máximo essas actualizações de graça que adicionam não só conteúdo como corrigem pequenos erros. 

♥ No TS3 temos aquela fase de transição entre bebé e criança - os toddlers - coisa que não existe no TS4. Eu pessoalmente adorava essa fase e fiquei muito triste por não existir no TS4. Se é motivo para não jogar? Não, não é. Mas perde um bocadinho (pequenino) da piada. 

♥ No TS4 os Sims são mais inteligentes e o jogo e as interacções entre eles são baseadas nas emoções. Acho isto do caraças! As pessoas nunca estão sempre com o mesmo humor e os Sims conseguirem replicar isso com uma exactidão assustadora torna o jogo muito mais divertido de jogar e dá-nos vontade de testar todos os estados de espírito só para vermos coisas como 'Pee Like A Champion' (na emoção Confident). Os Sims também podem, literalmente, morrer de susto e de vergonha! 

♥ O TS3 tinha um Mundo aberto e isso fazia com que fosse possível passear entre casas e lotes comunitários sem termos infinitos ecrãs de carregamento. O TS4 não tem isso. É bom e mau. Bom porque faz com que o jogo fique mais leve e mau porque acabamos por perder um pouco a vontade de explorar o resto dos lotes. 

Lotes secretos! Sim, leram bem. No TS4 existem dois lotes secretos. Não vos vou dizer onde os podem encontrar porque isso tira a piada toda à coisa mas digo-vos que são lindos e mágicos! Lá podem encontrar plantas raras (como a semente de Cow Plant) e peixinhos invulgares. Vale a pena explorar nem que seja para verem as maravilhas que a equipa da EA fez com os gráficos.


♥ Os bairros são pequenos e fechados no TS4. Enquanto no TS3 podíamos adicionar lotes vazios à nossa vontade (desde que coubesse) o TS4 vem com bairros mais pequenos e limitados. E os lotes livres são poucos. Se quisermos construir alguma coisa e não tivermos mais espaço temos que demolir alguma que já lá estava.


----

Se isto tudo faz com que não valha a pena jogar o TS4? Sinceramente, para mim, não. O jogo continua a estar fantástico e estas pequenas coisas estão a ser modificadas de acordo com o feedback dos jogadores uma coisa que não faziam no TS3.

Cada vez estou mais curiosa para experimentar a expansão Get To Work que acrescenta novas carreiras (e pelo que vi dá para seguirmos os Sims para o trabalho e fazer coisas por lá!), adiciona mais um bairro e tantas outras coisinhas que gostamos!

Uma coisa é certa: agora que experimentei o The Sims 4 não o troco. Nem pelo The Sims 3 com os seus toddlers e Mundos abertos.

9 comentários:

  1. Eu já estou a jogar o Get to work e é tão fixe! Tens novos items (muito giros mesmo, especialmente os novos penteados e roupas). Ainda não explorei muito a parte de poderes abrir uma loja, mas os outros empregos (detective, cientista e médico) são engraçados e quando tens uma sims prestes a dar à luz podes acompanha-la no hospital. Ah e há aliens! Eu estou a gostar bastante!!

    ResponderEliminar
  2. Eu instalei o Sims 3 na altura e confesso que nunca consegui gostar.. Vivi tanto tempo com os Sims 2 que só queria aquilo. Finalmente este mês decidi mandar os 3 embora e voltar com os Sims 2, quando finalmente descobri uma maneira de os ter aqui no pc. Nunca fui tão feliz :3

    ResponderEliminar
  3. Adoro o The Sims. Sou mesmo grande viciada, não tens noção! Acho que fico mais tempo a construir as personagens e as casas do que propriamente a jogar ahahah
    Compraste o jogo ou sacaste da net? Se sacaste, podes dizer-me o site, por favor? Queria mesmo instalar o Sims 4!

    Beijinhos
    Bruna, HAVE AN OPEN HEART

    ResponderEliminar
  4. Ai, apetecia-me tanto jogar! :D A boneca está lindíssima, como tu. :)

    ResponderEliminar
  5. Adorei completamente o post. Porque também sou alta viciada como tu! E sim, também demoro mais tempo a criar o Sim e a construir e decorar a casa totalmente ao meu gosto do que propriamente a jogar ahah :) não sabia dessa de haver lotes escondidos no 4, tenho de ir ver se encontro! Beijinho xx

    The eyes of a Mermaid | Facebook Page | Youtube channel

    ResponderEliminar
  6. Eu sou completamente viciada nos Sims, mas tenho sempre que fazer downloads de mods, porque sou muito esquisita e nunca gosto das roupas originais do jogo !
    xoxo,

    atwednesdaysiwearpink.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Eu odiei tanto quando joguei a primeira vez sims 4 que, no dia seguinte desinstalei logo. Mas foi mesmo no inicio. Acho que lhe vou dar outra oportunidade!

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Nem tenho tempo para o blogue quanto mais para jogar :(

    ResponderEliminar
  9. Eu joguei bastante o TS4 e achei mau não ter as piscinas e afins...
    Se já surgiram atualizações com estes extras então TOP :D

    bY: Daniel Marques

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017