BOOK REVIEW | Suddenly Royal


ISBN: 9781483953298
TÍTULO: Suddenly Royal
AUTOR: Nichole Chase
EDITORA: Self published
EDIÇÃO/REIMPRESSÃO: 2013
PÁGINAS: 464
LIVRO ÚNICO OU SÉRIE/TRILOGIA: Trilogia mas pode ser lido como standalone pois as histórias são diferentes.
FORMATO DO LIVRO: Kindle

“To say my day was not going well, would be like saying the French Revolution had been a bit troublesome for Marie Antoinette.”
― Nichole Chase, Suddenly Royal


Eu não sei quanto a vocês mas eu faço parte da geração dos Diários da Princesa. Li os livros todos, vi os filmes e, de todas as vezes, quis ser uma princesa - toca a todas. Juro-vos que às vezes sinto que sou uma miúda de oito anos presa no corpo de uma de vinte e um. Quando os meus olhos viram o Suddenly Royal soube imediatamente que o queria ler. Queria voltar a sentir aquela magia que senti com os Diários da Princesa e let's face it: nunca somos velhas demais para sonharmos em ser princesas.

Fiquei muito surpreendida com este livro. Pela maneira como aborda o tema de rainhas, príncipes, reinos e monarquias de forma adulta mas sem perder a sua magia e pelo facto de ser adequado a várias idades devido ao tipo de escrita e de linguagem utilizada.

Mas afinal o livro é sobre o quê? Resumidamente: Samantha Rousseau, uma americana, descobre que pertence à nobreza de um pequeno País europeu chamado de Lilaria. A realeza desse País convence-a a reclamar o seu título. Uma dessas pessoas é o príncipe-herdeiro-pedaço-de-mau-caminho Alex. Surge uma atracção daquelas grandes entre eles os dois. A Samantha decide experimentar este novo (e tão diferente) caminho e depois toda uma cena com pássaros acontece que é tão estranha e confusa e provavelmente uma metáfora ou eufemismo para qualquer coisa.

Eu adorei a personagem da Samantha logo de início. Ela sabia o que queria, ela tomava conta de si mesma e não aceitava tretas de ninguém. É raro encontrar uma personagem assim e é maravilhoso quando isso acontece.

O Alex é um dos personagens principais mais atraentes que eu me lembro de ter lido. Ele é encantador. Ele é smooth. Ele é preocupado, devoto, cavalheiro sem ser um alpha nem arrogante. Ele tenta conquistar a Sam de várias formas e todas elas muito fofinhas. É certo que ele não lhe compra uma empresa inteira ou algo assim do género como fazem os bilionários mas ajuda-a no período de adaptação à sua nova vida como duquesa com humor e compaixão.
Ele e a Sam têm uma química inquestionável desde do início o que fez com que eu quisesse que eles acabassem juntos desde do início. E quando isso finalmente acontece?


O Suddenly Royal tem tudo menos os sapatinhos de cristal - e quem precisa deles quando tens um reino a te dar as boas-vindas, uma coroa para de adornar a cabeça e um Príncipe Encantado para te manter a cama quente - e nenhum recolher obrigatório à meia-noite. É um conto de fadas moderno que é ousado e encantador e que é contado numa storyline sólida que irá fazer as delícias de qualquer pessoa que goste de um romance. É um daqueles livros feel-good-divertidos-de-ler. E para tornar as coisas melhores? Zero drama na relação. E a existência de um sólido geométrico qualquer de ex/interesses românticos/etc é nula!

Ri-me imenso e chorei na mesma quantidade. Quando o comecei a ler soube logo de início que estava condenada visto que não o consegui pousar e li-o num dia!

Classificação infinito mais um: 4,5/5

                       

3 comentários:

  1. Não conhecia o livro, mas gostei imenso da premissa e da tua review (:
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Este livro parece mesmo o meu género, eu li todos os diários da princesa mil vezes, eram dos meus livros preferidos! Acho que o vou encomendar para ler no verão quando tiver tempo :)
    Obrigada pela recomendação! :) tu já leste todos? valem a pena ou só o primeiro?

    beijinhos
    http://pretty-little-stories.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Fiquei no mínimo muito curiosa. :P
    Sorrisos,
    Alexandra :)

    The Sweetest Life
    http://thesweetest-life.blogspot.com

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017