166

20 abril 2015

Se houve coisa que a minha mãe me incutiu desde de pequena foi que não havia nada melhor do que ser eu mesma e, desde que me lembro, que tenho tentado seguir esse conselho ao máximo: sempre gostei de ser a minha própria pessoa, de fazer as minhas próprias coisas e de gostar do que realmente gosto sem ser influenciada por outras.

No entanto só recentemente é que consegui mesmo descobrir quem sou, o que me faz feliz e quais são os meus sonhos. Só recentemente é que deixei de pensar que deveria pedir autorização para seguir os meus sonhos e realizar os meus projectos. É um processo longo, mas no fim do dia vale a pena. Vale muito a pena.

Ontem dei com um vídeo que achei que tinha de ser partilhado pelo máximo de pessoas possível. Porquê? Porque tem mensagens e coisas a reter que eu considero importante e que gostaria que me tivessem dito mais cedo. Não invalidaria o meu processo de aprendizagem e de tentativa e erro, mas certamente o tornaria mais fácil.


A RETER (PELO MENOS PARA MIM)
"To not live someone else's life and someone else's idea of what womanhood is. Womanhood is you. Womanhood is everything that's inside of you."

"It's so easy to spread the message of being yourself, but actually sort of implementing it in your life is incredibly difficult. I think it takes a long time to find what makes you happy and what your goals are."

"All women, anyone, don't ask for permission. What are you waiting for? What are you asking for?"

"Work hard. Be so good they can't ignore you. Keep to your morals, see through your integrity, and don't stop fighting because ultimately for any dream, for any goal, it takes a lifetime. And why wouldn't you wanna give it that?"

                       

8 comentários

  1. Obrigada Ana! Hoje eu precisava disto! <3

    ResponderEliminar
  2. Ah, o tal vídeo! Mensagens inspiradoras como essas merecem ser partilhadas. Esta frase deixou-me a pensar: "It's so easy to spread the message of being yourself, but actually sort of implementing it in your life is incredibly difficult. I think it takes a long time to find what makes you happy and what your goals are."

    Não há nada mais difícil do que sermos nós próprios, especialmente numa sociedade que teima em não aceitar muito bem defeitos e diferenças. Mas acho que também isso está a mudar. :)
    Não fui há muito tempo que descobri o meu "eu" verdadeiro, mas mesmo esse vai mudando. O importante é continuar a ser-lhe fiel hoje, amanhã ou daqui a 20 anos.
    Nunca poderemos ser mais ninguém, por isso o melhor a fazer é mesmo cultivarmos-nos e embarcar num processo de enriquecimento pessoal contínuo. Ou seja, tornarmos-nos na pessoa que queremos ser, não desejarmos ser outra pessoa que não nós. :)

    www.joanofjuly.com

    ResponderEliminar
  3. "It's so easy to spread the message of being yourself, but actually sort of implementing it in your life is incredibly difficult.", não podia ser mais verdade. Apesar de estarem direccionados para as mulheres, são óptimos conselhos para qualquer pessoa :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  4. Vale a pena ver este vídeo todos os dias. :)

    Another Lovely Blog! - http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada pela partilha, Ana! É mesmo um vídeo repleto de mensagens a reter :)

    ResponderEliminar
  6. Acabei recentemente de achar o teu blog ( novamente) pois achava o ter perdido. Coisas que merecem ser partilhadas :)

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pela partilha :)

    http://amarinar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Concordo tanto mas tanto... <3
    Sorrisos,
    Alexandra :)

    The Sweetest Life
    http://thesweetest-life.blogspot.com

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017