WEB FINDS | Poetweet

"Batem leve, levemente,
como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?

(...)"

Não é só mesmo o Twitter e o site Poetweet que é capaz de transformar os tweets que escrevemos às tantas da madrugada e tornar qualquer um de nós no próximo Fernando Pessoa, Augusto Gil ou Camões (se a vossa onda for assim mais old school).

A premissa é simples: entram no site do Poetweet e metem o vosso handle (o nome depois do arroba, para os leigos). Depois disso vai ser possível escolher entre três formas de poema: soneto, rondel e intriso.

O resultado é muito engraçado e maravilhoso. Fiquem com um exemplo de um poema escrito pela minha pessoa através do Poetweet:


Eu não sei quanto a vocês, mas é mais que óbvio que vou lançar um livro em breve cheio de poemas geniais como este.

Agora ide. Ide e poetizem-se!
(E de caminho partilhem os resultados comigo, pode ser?)
                            

4 comentários:

  1. Este por acaso até saiu bem, mas já vi uns que não rimavam. :)

    ResponderEliminar
  2. r: Obrigada pela sugestão, adoro cor de vinho.
    Vou ter de experimentar! :)

    Que pagode! Isto é genial!!

    http://aliceinabigworld.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. ficou engraçado o teu. eu tentei e o meu ficou super sem sentido!!

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017