PHOTOGRAPHY | DSLR 101: White Balance

O white balance (ou o equilíbrio dos brancos) deve ser a última configuração que nos lembramos de alterar até repararmos que aquela fotografia absolutamente genial que tiramos - aquelas a que gosto de chamar as million dollar shots - está com um fundo meio azulado. Ou que as pessoas a quem tiramos uma fotografia num jantar qualquer parecem que andaram a rebolar em Doritos.
O white balance pode fazer com que as nossas fotografias fiquem maravilhosas ou...nem por isso.

Quando falamos sobre white balance, estamos a falar sobre o processo de ajustar a câmera para remover flutuações de cores irrealistas. A cor da luz é medida em Kelvin. Cada tipo diferente de luz interior ou exterior têm uma diferente temperatura de cor e, por isso, uma medida diferente de Kelvin.
O olho humano ajusta-se de forma muito natural a estas mudanças de cor, mas a nossa câmera não é tão sofisticada como o nosso olho.

Todas as câmeras - sejam elas DSLR ou compactas - têm diferentes configurações para o white balance. Alguns dos básicos são:

AUTO: A nossa câmera vai ajustar o white balance baseado no que ela “vê” na fotografia. Geralmente o auto não é perfeito, mas chega lá perto.

SUNLIGHT (LUZ DO DIA): Esta configuração vai ajudar a equilibrar o tom alaranjado das fotografias que pode ser bastante dominante num dia (muito) solarengo.

CLOUDY (NUBLADO): Esta configuração corrige (ao adicionar laranja) ao tom ligeiramente azul que pode ser encontrado num dia nublado.

SHADE (SOMBRA): Esta configuração corrige (ao adicionar mais laranja que na configuração nublado) aos tons azulados que encontramos à sombra.

TUNGSTEN (INCANDESCENTE): Esta configuração corrige (ao adicionar azul) aos tons alaranjados pelas lâmpadas incandescentes.

FLUORESCENT (FLUORESCENTE): Este tipo de luz normalmente dá um tom azulado às nossas fotografias (apesar das cores claras variarem com a luz fluorescente). Esta configuração corrige o tom azulado da fotografia ao adicionar laranja.

FLASH: Esta configuração vai corrigir o ligeiro tom azul de uma fotografia com flash ao lhe adicionar um bocadinho de laranja.

CUSTOM (PERSONALIZADO): Com esta opção é possível configurar a compensação da cor manualmente. Em muitas câmaras isto é feito apontando a câmara para um objecto branco fornecendo-lhe, assim, um ponto de referência. O manual de instruções da nossa máquina dá-nos mais instruções sobre como fazer isto.

Em sentido prático...


DSLR 101 ANTERIORES

                       

10 comentários:

  1. Gostei de ler embora não perceba nada de fotografia =)

    ResponderEliminar
  2. Explicação exemplar, trabalho de casa bem feito ;)

    ResponderEliminar
  3. Adoro fotografia, mas não tenho conhecimentos técnicos sobre o assunto. Gostei do post.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Adoro fotografia, mas não tenho conhecimentos técnicos sobre o assunto. Gostei do post.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Adorei o post! Adoro tudo o que refira tecnologia :P

    Beijinhos,
    Saltos Rosa

    ResponderEliminar
  6. Já és uma pro, basta olhar para o custom. :P
    Sorrisos,
    Alexandra :)

    The Sweetest Life
    http://thesweetest-life.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Sinceramente não custo mexer muito no WB. O meu auto é bastante bom no exterior, mas para fotos indoors gosto de experimentar fotografar com definições diferentes de WB. Já aprendi que às vezes temos que ignorar o que teoricamente está certo e irmos para aquilo que mais gostamos de ver. :)

    Adoro esta tua serie sobre fotografia, dá-me imenso jeito agora que estou a aprender. ;)

    www.joanofjuly.com

    ResponderEliminar
  8. Gosto tanto destes posts ;) excelentes dicas !

    ResponderEliminar
  9. Opá, adoro estes teus posts e o minion está super querido :)

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017