TECH | Wiko Getaway

Quando o Orelhas morreu fiquei com um desgosto.
Recusei-me a aceitar e acreditar que isso me tinha acontecido - afinal o Orelhas foi um companheiro tão fiel durante anos - e recusei-me a ponderar comprar um novo, para já. Disse que não havia amor como o primeiro (Android) e que nunca iria encontrar outro que me fizesse feliz e me enchesse as medidas como o falecido Orelhas.

E assim foi. Durante uma quantidade enorme de tempo nenhum smartphone passou por estas mãozinhas. Mas depois com o aproximar do Natal e da vontade de oferecer uma prenda como deve de ser a mim mesma - que até mereço - comecei a dar uma vista de olhos pelos telemóveis que haviam no mercado. Não gostava de nenhum. Até que depois os meus olhos bateram no Wiko Getaway e foi amor. Estive mais de um mês para o decidir se comprava mesmo até que finalmente escrevi uma carta ao Pai Natal a pedi-lo. Queria em dourado. No dia que fui à FNAC à procura o senhor disse-me que estava "esgotadíssimo a nível nacional". Não faz mal, caro senhor. Tem branco? Não. Não tinha branco. Ao que parece só tinham em preto...e só o que estava em exposição. Não o trouxe, pois.


Desanimada comecei a pensar em outros sítios que o tinha visto à venda - sim, porque desde que decidi que telemóvel queria que ele me andava a perseguir por tudo o que era folheto - até que me lembrei da The Phone House. Os meus olhos correram as vitrines todas à procura do dito e quando o vi dei um pulinho de alegria na loja - sim, valeu-me uns olhares estranhos - e quando disse à senhora que era aquele ela deu-me outro bónus na forma de pergunta "branco ou preto?". Branco, se faz-favor-muito-obrigada-é-uma-fofinha. E aqui entre nós: acho que prefiro a versão branca à versão dourada.

A paragem seguinte foi na MEO porque o meu cartão SIM era dos antigos (amarelinho, que saudades) e estes telemóveis agora só aceitam cartões minúsculos. Outra senhora - também muito simpática - atendeu-me rapidamente e perguntou-me o motivo para pedir uma segunda via do cartão ao que eu respondi que "Os telemóveis agora são cada vez maiores mas só aceitam cartões cada vez mais pequenos. Uma modernice, mas é o que há". Sim, eu sei. Eu devia ser proibida de sair e comunicar em público.


Tudo isto para dizer que o Wiko veio morar cá para casa no Sábado passado. E que estou completamente enamorada dele.
É tão grande como a minha cara? É pois.
Não consigo fazer nada com ele só com uma mão? Verdade.
Mas adoro-o de morte. É robusto, a câmara - tanto frontal (5mpx) como traseira (13mpx) - são do caraças e tiram fotografias bastante boas (com algumas coisas giras que quero explorar ainda), a bateria dura imenso mesmo com uso intensivo de Wi-fi, jogos, vídeos no Youtube, SMS, etc.


Resumindo: valeu a pena não me atirar logo de cabeça para a compra de um telemóvel novo. Valeu a pena esperar e procurar um que me agradasse tanto esteticamente - sou muito picuinhas e peculiar - como a nível de sistema e especificações.
Vamos ser muito felizes os dois durante, pelo menos, um par de anos.
(E ainda tenho de o baptizar!)





 
Podem encontrar-me também aqui:

13 comentários:

  1. Também o vi quando andava à procura de um novo telemóvel, mas era muito grande, esse foi o único motivo que me fez virar para o BQ Aquaris E4. Tenho amigos que têm esse telemóvel e adoram!

    ResponderEliminar
  2. Opá, que giro! :)
    Não conheço nada da marca Wiko mas acredito que sejam bons! Depois diz qual é o nome do brinquedo novo

    ResponderEliminar
  3. Antes do iPhone também tinha o cartãozinho amarelo (que eu usava desde os meus 7 anos) mas lá tive de trocar. Não conheço esta marca, aliás ando muito alheia no que toca a telemóveis e se ficasse sem o meu querido iPhone ia ter muito trabalho para escolher um diferente. Ainda bem que estás a gostar :)

    ResponderEliminar
  4. Eu também quero um telemóvel mas ainda estou indecisa entre alguns. Uns são mais caros que outros, é certo mas acho que, no final, vou optar por algo mais básico, com menos polegadas e que para agora sirva. Mais tarde, compro um melhor até porque as minhas economias agora não dão para muito mais.

    ResponderEliminar
  5. trata bem dele até te chatear a cabeça com os stresses que vem dum android :\ ando a ver se mudo o meu e a wiko é uma das marcas que ando de olho :)

    ResponderEliminar
  6. Também tenho de fazer essa romaria! O meu telemóvel ainda é dos antigos e decidi que este ano é que vai ser! Estou a namorar o Bq Aquaris E5, mas agora que falas tão bem desse vou estuda-lo tb! E como te compreendo no "picuinhas e peculiar"! :) I'm there too!

    ResponderEliminar
  7. Em 2013 tive meu telemóvel furtado e acabei por compre um Sony, mas confesso que me arrependi ;(
    Já havia namorado alguns aparelhos desta marca, mas não conhecia opiniões a respeito.
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
  8. Também ando a cata de telemovel e estava de olho nos wikos, especialmente o Highway (na net, porque na fnac estão nflacionados) .Ainda ando indecisa porque depois de ouvir falar tanto neles comecei a ler criticas de experts menos boas (ou seja que eles são espetaculares ma sum pouco menos espetaculares do que se dizia)...por outro lado custa-me dar 500 euros por um telemovel quando posso dar 250 por um semelhante...Ainda por cima sou bastante picuinhas, pq dou muiiiiito uso ao telemovel para tudo e mais alguma coisa (e quase nada para falar!) Agora com a tua opinião vou voltar a rever os Wikos :D decisions, decisions :D

    ResponderEliminar
  9. Ai os cartões amarelos... Que antiguidade!
    Realmente, nessa última foto vê-se bem que é gigantesco a comparar com as tuas mãozinhas de fada ahaha Deixa lá que o meu é tão grande, que ultrapassa a zona da boca e as pessoas ouvem-me como se eu estivesse no fundo de um poço!

    ResponderEliminar
  10. Tenho um post de molho sobre o meu LG que comprei em Setembro para substituir o iPhone (o escândalo!) e esta tua publicação lembrou-me disso :p
    Espero que continues satisfeita com essa compra!

    ResponderEliminar
  11. ando a namorar o mesmo e acho que vai vir comigo!
    http://fromnothingtoprada.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. A tua frase. Juro que se não existisses eu faria alguém inventar-te. :3
    Sorrisos,
    Alexandra

    The Sweetest Life

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017