PERSONAL | When I Grow Up

02 outubro 2014

Sempre achei terapêutico o acto de virar mica atrás de mica de álbuns de fotografias antigos sobretudo aqueles da minha infância em que eu não me lembro do momento mas não consigo evitar e esboçar um sorriso ao ver determinada fotografia.

No outro dia, num desses momentos, dei por mim a reparar que ainda o meu eu de dois, três, quatro e cinco anos tem coisas em comum com o meu eu de vinte e um.
Existem coisas óbvias como a minha sempre presente franja cortada a direito que tirando um período negro (nem por isso) da minha vida entre os treze e os quinze anos andou sempre presente. E depois as coisas menos óbvias: como o sorriso que sempre subiu mais de um lado que de outro, o estar constantemente a mordiscar qualquer coisa - sobretudo bolachas -, o meu estado constante de soneira (não, senhores, não é de agora pelos vistos!), entre tantas outras pequenas coisas que reparamos que mesmo depois de tanto tempo continuamos a fazer igual. E outras - como ir à praia - que agora já não achamos tanta piada.

Decidi partilhar com vocês algumas dessas fotografias. Até porque estas coisas são sempre giras de ver. E não, não tem nada a ver com a vaga de fotografias de pessoas em criança que anda a invadir o Facebook.


EU E AS BOLACHAS (SANTA TERRINHA, '94)
SE NÃO EXISTISSEM PROVAS EU TAMBÉM NÃO ACREDITARIA QUE JÁ GOSTEI DE PRAIA.





 
Podem encontrar-me também aqui:

9 comentários

  1. a última foto está tão amorosa ^^ e este post é bem mais giro que a invasão que aconteceu no fb :)

    ResponderEliminar
  2. que gira! não mudaste assim tanto :)
    post deveras nostálgico, este!

    ResponderEliminar
  3. Também adoro revirar os baus de fotos e recordar os velhos tempos :)
    Beijinhos,
    Sofia

    ResponderEliminar
  4. A última foto está uma autêntica fofura :)

    ResponderEliminar
  5. Parecias uma boneca, que coisa mais querida! :) As icónicas "palmeiras" no topo da cabeça... Estou a ver que não fui apenas eu que sofri desse mal ahaha

    ResponderEliminar
  6. O típico bolo com a Branca de Neve e os Sete Anões...afinal não era moda só aqui ahahahahah (Eu tive dois bolos desses xD)

    ResponderEliminar
  7. Que amorosa *
    A infância será sempre o meu porto de abrigo! Acho que sinto o mesmo que tu a passar os álbuns mais antigos :)

    ResponderEliminar
  8. Meu Deus, tu és muito gira mas quando eras pequenita eras tão mas tão fofinha! *_* A sério, eras mesmo bonita! *_*
    Sorrisos,
    Alexandra :)

    http://thesweetest-life.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Que fotografias tão queridas!
    Eu também gosto de ir desenterrar as fotos que tenho dentro das embalagens de toalhitas dodot :P

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017