OFF TOPIC | The Best of 2013

31 dezembro 2013

Dois mil e treze foi um ano do caraças.
Não entrei na faculdade. Não descobri nenhuma coisa para lá de espectacular que possa ajudar a humanidade. Foi o ano em que mais sol apanhei. O ano em que o meu coração partiu por duas vezes em pequenos pedacinhos. Foi o ano em que senti mais saudades. O ano em que amei com tudo de mim. O ano em que mais fotografias tirei e o ano em que mais fotografias me tiraram.
Fiquei um ano mais velha. Comi muitos bolos. Foi o ano que fui a Espanha pela primeira vez - e acabei por lá regressar!

Dois mil e treze foi o ano em que fiz paz comigo em alguns aspectos. Foi o ano em que mais chorei mas também foi o ano em que mais chorei de rir. Não conheci muita gente nova, não viajei muito. Mas re-descobri novos sítios, perdi-me em imensas ruas. Sentei-me muitas horas em autocarros. Em dois mil e treze descobri família sem ser de sangue. Em dois mil e treze continuo a não medir mais que metro e meio mas cresci. Aceitei diversas realidades, ouvi muitas opiniões, digeri tudo aquilo que me rodeava e tentei sair sempre com a cabeça erguida.

Em dois mil e treze descobri que há mais de mim do que eu pensava. Descobri que tenho alguns talentos escondidos e que ainda consigo surpreender as pessoas. Foi o ano em que mais música ouvi, mais livros li, mais lágrimas derramei. Foi o ano de muitas primeiras vezes, de alguns finais e outros tantos recomeços. Em dois mil e treze o meu orgulho saiu ferido infinitas vezes, o meu coração ficou pequenino outras tantas.

É, dois mil e treze foi um ano do caraças. Aquele que mais me custou mas também aquele em que fui ridiculamente feliz. Foi o ano em que pareceu mais vezes que o destino e a vida estavam a rir-se na minha cara.
E hoje, no último dia deste ano tão antagónico, recordo e partilho com vocês o melhor do meu ano porque apesar de todas as dores e todas as lágrimas os bons momentos estão lá. As pessoas que fizeram o meu ano continuarão por ai. Umas mais que outras, outras talvez se fartem e saiam porta fora.
Seja como for sei que elas me marcaram e deixaram em mim memórias para me durar uma vida inteira. E eu sei que fiz o mesmo. Haverá sempre alguma coisa que lhes trarão memórias de mim.

Um brinde a dois mil e treze por tudo o que me trouxe e por tudo o que levou de mim!

Anos anteriores em retrospectiva







 
Podem encontrar-me também aqui:

9 comentários

  1. Que bela análise de 2013 :)

    http://coucoucaroline.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Um óptimo 2014! Que este novo ano te traga tudo de bom ^^
    Bj*

    My Cup of Tea

    ResponderEliminar
  3. 2013 também foi o ano em que fui a Espanha pela primeira vez :b
    2014 vai ser melhor, vais ver! Bom ano! :)

    ResponderEliminar
  4. mas que ano que foi. resta desejar um bom 2014 :)

    ResponderEliminar
  5. Feliz 2014 para ti também :)

    Programas para fazer este tipo de montagens :) É que queria iniciar rubricas desse género no meu blog mas não sei que programas para utilizar.

    ResponderEliminar
  6. Que lindas fotos, parece ter sido um ano em grande!
    Bom 2014! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Espero que tenhas um fantástico ano 2014!

    ResponderEliminar
  8. Revi-me em várias linhas deste teu post. Também não viajei nem conheci muitas pessoas novas, por isso fazer ambas estas coisas está nas minhas resoluções para 2014.

    Escondidos ou não, tens muitos talentos, Ana. Desejo-te um feliz ano de 2014, mil vezes melhor do que o que passou (por melhor que tenha sido). :)*

    ResponderEliminar
  9. E eis que descubro alguém de perto... alguém de muito perto!
    :)
    Parabéns pelo blog!
    Que 2014 seja um ano de sorrisos e sonhos!*

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017