PERSONAL | A While Back

04 junho 2013

Domingo eu e ela recordamos. Recordamos todas as brincadeiras de crianças - a apanhada, a macaca, a lagarta, o macaquinho-do-chinês, do jogo do elástico - todas elas relembradas de uma maneira especial. Fomos ao baú mais antigo da nossa mente e fomos recuperar momentos.
A maneira como nos deitávamos sempre no xadrez de chão da minha escola com as mochilas a fazer de almofadas acompanhados pelos nossos mp3 de cento e vinte e oito megas. Era o luxo na altura.

Naquela altura só soubemos o que era a internet e começamos a trabalhar com ela perto dos doze anos. Não haviam cá smartphones com wi-fi por isso os intervalos e tempos mortos eram passados a brincar, a correr e a rir. Na altura do Verão fazíamos guerras de água na escola e muitas vezes escondíamos-nos atrás dos pavilhões para fugir ao sarilho que era estarmos molhados.

E à medida que as memórias apareciam eu não pude evitar e sorri à medida que todos estes acontecimentos voltaram a se desenrolar na minha mente.

Apesar de tudo a mim ninguém me tira os baloiços e a vontade que tenho de andar neles, nem o facto de eu ficar encantada sempre que vejo uma coisa curiosa e muito menos a maneira como gosto de cheirar as flores. Ninguém me tira a vontade de descer por um escorrega e rir que nem uma tola. À macaca e ao jogo do elástico já não brinco porque sinto que já não tenho a destreza para tal, mas lembrar-me-ei sempre das canções.

Sempre que o meu aniversário se aproxima dá-me esta nostalgia e bate uma saudade. Estou quase um ano mais velha e o tempo passou a correr. E agora, agora passa sempre mais depressa...

Até jazz,

6 comentários

  1. É tão bom recordar a infância! A minha foi muito semelhante à tua! (:
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Passei também por tudo isso.
    Há dias em que me bate a saudade, e recordo, recordo, recordo...
    Tivemos uma óptima infância. As gerações de hoje já não sabem o que é jogar à macaca nos intervalos da escola, saltar ao elástico e outras brincadeiras que tanto nos divertiram anos a fio.
    Tenho saudades!!

    ResponderEliminar
  3. Como tenho uma irmã mais nova, passo a vida a ensinar-lhe as brincadeiras que eu tinha quando era pequena, e o que mais adorava era o jogo do elástico e saltar à corda. Com uma amiga minha relembramos tudo, e tal como tu, apercebemo-nos do quão é diferente. Nós éramos livres, gostávamos de brincar na rua, rir, saltar, correr, agora só querem ficar em casa agarrados a tecnologias.

    ResponderEliminar
  4. Que lindo seu texto *-*
    Encantada pela forma como você detalha os fatos é tão contagiante.
    Me fez viajar pelo passado recordando minha infancia.
    Eu queria que esse dom que um dia ja tive de escrever palavras tão bonitas um dia voltasse, rs.
    Beijos

    http://lindamenteloirah.blogspot.com.br/


    ResponderEliminar
  5. Eu fico feliz por poder olha para trás e ver que tive uma infância à seria, em que não era preciso gadgets ou tecnologia para me divertir, era preciso imaginação, vontade de aventura e amigos e tudo acontecia a partir daí!

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017