PERSONAL | Days Like This

02 novembro 2012

Vou constatar o óbvio: está um frio do caraças. E não pensem que estou a exagerar, porque eu sei que está frio. E como? Não sinto as mãos, o nariz e os pés (que mesmo dentro das pantufas quentes e com uma manta polar em cima teimam em não aquecer).

Vou continuar a constatar o óbvio: está a chover. E logo hoje que queria deixar de ser anti-social e levar os meus longos e rebeldes cabelos e a passear, chove. E bem. O que me pode ainda salvar a tarde de galhofa e chá quente é que páre de chover durante 5 minutos para ir ter com as ladies (entenda-se ML. e I.)


Ainda minha demanda pela constatação do óbvio: tenho saudades do meu homem. Tenho, pronto. Sinto a falta de olhar para aqueles olhos azuis que fazem inveja a qualquer um e das mãos quentes dele nas minhas (e toda aquela dança de ele se queixar que eu estou fria e depois resignar-se e apertar-me com mais força para ver se não morro de hipotermia). E os mimos? Não me deixem começar a falar dos mimos nem da falta que eles me fazem senão nunca mais saio daqui.

O que se pode reter deste post: tenho frio, odeio chuva, gosto de chá e tenho saudades do meu homem.

Até jazz,



4 comentários

  1. Por aqui não está assim tanto frio nem chove. Não tenho frio, odeio chuva mas por aqui estou bem, não gosto de chá e tenho saudades do meu homem. Quase :)

    ResponderEliminar
  2. Por aqui também chove e faz um friozinho terrível, mas pior que isso é ter de estudar porque há teste no sábado de manha, ninguém merece ! ***

    http://sosweetsopink.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Por aqui não chove (por enquanto), mas até gostava que chovesse! (: Beijinho*

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017