TV SHOWS | Beauty and The Beast + Nashville + Suburgatory

21 outubro 2012

Ando há duas semanas a ver três séries novas para saber se as adiciono à minha (extensa) lista ou se as descarto. E como sei que muita gente aqui gosta também de ver séries como eu e está sempre pronto para saber novidades, cá estão elas!
As séries que andaram pelas minhas vistas nestas últimas duas semanas foram a Beauty and The Beast, a Nashville e a Suburgatory, por isso vamos lá a ver!

***
Beauty and The Beast

Sinopse: Kristin Kreuk (a Lana de Smallville) faz de Catherine, uma detetive de homicídios de Nova Iorque atormentada pelo assassinato da sua mãe e pela visão da morte do assassino pelas mãos de uma misteriosa fera. Adaptada de uma série da CBS nos anos 80, Beauty and the Beast é a primeira policial desenvolvida pelo canal CW.

Opinião ∞ + 1: Primeiro sejamos sinceros que a suposta Beast, de beast não tem nada! E acho-o parecido com o Ashton Kutcher, mas passando à frente!
Mas no geral gostei do que vi nestas duas semanas. A série tem algum diálogo com frases um pouco foleiras e cliché, mas tirando isso até tem algo que possa ser interessante: como o que está por detrás da morte da mãe da protagonista, a ligação romântica que virão a ter a bela e o monstro e o que se passou para ele passar de humano a não humano (confusas, também eu um pouco!). Recomendo para quem gostaria que a série Grimm fosse mais levezinha.


***
Nashville

Sinopse: A série conta a história de Rayna James uma estrela da música country cuja fama começa a esmorecer, e para evitar que isso aconteça os seus produtores propõem-lhe que se junte à tour da estrela em ascenção que é a Juliette Barnes. Ambas têm os seus objectivos: a Juliette quer tirar o lugar à Rayna e por sua vez a Rayna pensa que pode ser salva por algumas canções escritas por uma rapariga talentosa chamada de Scarlett.

Opinião ∞ + 1: Eu ainda não sei que dizer desta série. Para mim ainda está morna e dois episódios não chegaram para me encantar por ela. A história parecia mais interessante ao início e não foi explorada nem no piloto nem no segundo episódio. Tirando as músicas (que até não são más) os episódios são relativamente parados. Existem algumas pontas sortas que espero que sejam clarificadas no fim, assim como algumas coisas introduzidas à história que espero que não se esqueçam e as explorem. Vou ter que aguardar pelos próximos capítulos para saber se a continuo a assistir ou não.


***
Suburgatory

Sinopse: A série conta com George um homem abandonado pela esposa, e pai de Tessa uma jovem de 16 anos. Ele é um pai super protector e por isso quando descobre uma caixa de preservativos escondida na mesa de cabeceira de Tessa decide-se mudar com ela para os subúrbios. Para desespero de Tessa, que de repente se vê afastada dos amigos e da vida que levava em Nova Iorque, o subúrbio é sinónimo de purgatório (daí o título da série). O local está ‘infestado’ de mães ‘plastificadas’, movidas a café, que cuidam de pequenas pestinhas balofas, que se empanturram com energéticos.

Opinião ∞ + 1: Das poucas séries de 20min que existem agora e das poucas que gostei logo de início. A história não é nova - longe disso - mas esta série torna-a refrescante e diferente! É divertido de ver a dinâmica entre pai e filha e entre a Tessa e o seu novo Mundo nos subúrbios que em tudo é diferente dela.

E deste assunto, por hoje é tudo!

Até jazz,


4 comentários

  1. Adoro a Suburgatory xD

    Participa no giveaway:
    http://thepinkbookofstyle.blogspot.pt/2012/10/giveaway-colar-hello-biju.html

    C *

    ResponderEliminar
  2. Dessas só ainda não vi a Nashville :D Suburgatory não gostei muito :/

    ResponderEliminar
  3. Ainda não vi nenhuma dessas três!

    ResponderEliminar
  4. Já tenho aqui os 2 episódios de Beauty and the Beast prontinhos para ver. Espero não me desiludir, toda a gente fala bem da série! Nunca vi nenhuma das que citaste :)

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017