PHOTO MOMENT | Carvoeiro

19 novembro 2011

Ontem fui fotografar com a I. (não a minha sis I., que é C.) mas a outra I. que é V. e é das belas terras de Monchique. Isto pode parecer confuso sobretudo quando no meu grupo de amigos temos uns quantos que partilham os mesmos nomes (tenho duas M. uma L. e outra J. e tenho mais duas raparigas fantásticas, minhas homónimas de primeiro nome, que, não gostanto elas do seu primeiro nome (aquele que eu gosto de ser chamada), preferem ser tratadas pelo segundo (aquele que eu não gosto nada, nada) temos a S. e a R., mas isso agora não interessa nada!

Visto que a IV. agora tem um belo dum brinquedo novo (para não dizer uma valente e cara máquina fotográfica), convidou-me para ir com ela tirar umas fotos porque o seu curso da Universidade assim dita (e a rapariga tem de praticar!), e eu aceitei, porque quem me conhece sabe que ter um brinquedo desses só para mim é um sonho e cada momento que posso estar com uma deve ser aproveitado até mais não!
Pegou a IV. no seu pequeno e cheio de personalidade carrinho e rumámos em direcção à costa.

Primeira paragem: Carvoeiro; mas como nenhuma de nós conhecia aquilo - e visto que orientarmos-nos pelas placas deu uma valente asneira (devido à má sinalização) fomos enganadas ter a um clube/aldeamento privado com vista para a praia, mas pensando que poderíamos por os pés na areia. Não. Marcha atrás. E seguimos por uma ruela estreita onde só pode passar um carro de cada vez. Mas do outro lado, e para nosso espanto, tínhamos um farol. Belíssimo.
Não tardei a roubar pedir emprestada a máquina fotográfica à IV. para fotografar cada segundo, absorver cada instante!



Fomos também muito bem recebidas por dois cães (um deles fazia-me lembrar tremendamente o meu, no mau sentido!) e uma simpática gaivota que não se importou nada em pousar para as fotografias...





Adorei este pequeno pedaço de manhã. Deu para pôr a conversa em dia e para fazer uma das coisas que mais gosto - fotografar!
(Patrocinado pela Canon e pela IV.)

Espero repetir brevemente. Se pudesse estava sempre a arejar, vaguear, passear e claro a fotografar tudo!

Até jazz,

3 comentários

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © 2011-2017